simbologia-da-cremação

A simbologia da cremação ao redor do mundo

Você conhece a simbologia da cremação? Culturalmente abraçada em diversos países, por diversas culturas, esta forma de despedida está ganhando espaço no Brasil, tanto por seu caráter simbólico quanto de sustentabilidade

Perder um ente querido não é um momento fácil, e ao passar por esta gama de sentimentos, cada cultura possui sua forma própria de deixar sua homenagem. Muito mais do que uma escolha prática, a cremação carrega diversos simbolismos de despedida, que podem trazer conforto na hora da despedida.

 Quais as vantagens da cremação 

De acordo com alguns estudos, houve um aumento significativo de procura pela cremação. Só no Brasil, entre o período de 2017 a 2018, houve um crescimento de 35%

Além de ser um método sustentável e não agredir o meio ambiente, optar pela cremação também possibilita uma infinidade de homenagens. Por exemplo, é possível depositar as cinzas em um lugar especial, escolhido a dedo pela família, sem ser necessário passar pelos trâmites de um translado.

O serviço também oferece mais economia para as famílias e dispensa qualquer gasto adicional.

Como a cremação é vista ao redor do mundo

A cremação é uma prática bastante antiga, adotada pelos povos gregos por volta de 1.000 A.C. Embora fosse comum, esse ritual era considerado uma passagem nobre, sendo restrito a pessoas imponentes da época.

Hoje, a cremação é vista através de diferentes perspectivas e a simbologia é retratada de acordo com a religião majoritária do país. Claro, há quem possa ter sua própria maneira de entender a prática e dar a ela a sua simbologia especial.

 

JAPÃO

Devido à sua cultura, influência histórica chinesa, bem como à religiosidade dos japoneses ser mais voltada ao budismo e ao xintoísmo, a cremação é muito comum no país com 99% dos corpos incinerados.

A religião budista acredita que o fogo tem poder purificador e é capaz de libertar a alma.

 

ÍNDIA

Os indianos adotam o ritual de cremação naturalmente, seguindo a crença do hinduísmo, a principal religião do país. Os hindus acreditam em reencarnação e para isso é necessário o fogo, pois ele seria o grande responsável por desprender a alma do corpo. Depois disso, as cinzas são jogadas no rio.

 

BRASIL E OCIDENTE

A opção pela cremação nessa região vem se tornando cada vez mais comum.

A população católica é maioria no país, e nesta religião não existe a proibição do ritual.

No Brasil, assim como em outros países ocidentais, o fogo é considerado libertador e ajuda a deixar para trás todo o materialismo e qualquer sentimento de mágoa das pessoas.

É importante ressaltar, caso a pessoa deseje optar pela cremação após a morte, pode atestar sua vontade por escrito, ainda em vida.

Na Luto Curitiba, temos planos funerários completos. Clique aqui e entre em contato com os nossos consultores para mais informações.

 

 

 

 

 

 

Não perca nossos conteúdos!

Prometemos não utilizar suas informações de contato para enviar qualquer tipo de SPAM.

Compartilhe