livros-luto-curitiba

Indicação: livros para refletir sobre o luto

A experiência do luto é um processo pelo qual todos nós iremos passar em algum momento. Por ser algo tão íntimo e subjetivo, cada pessoa é impactada por este evento de maneira única. Ter algum conhecimento relacionado a este assunto pode ajudar o enlutado a entender seus sentimentos e a vivenciar o período de forma saudável.

Na literatura, há várias obras que exploram as particularidades do luto. Muitos desses livros se tornaram clássicos ao investigar suas etapas, comportamentos, características ou evidenciando situações incomuns. Nesse artigo, separamos algumas dicas que você talvez ainda não tenha ouvido falar, mas que podem ajudar a entender e a superar esse momento.

Biografias

A Anatomia de Uma Dor: Um Luto em Observação – C. S. Lewis
Neste livro que mistura ficção e realidade, o autor C. S. Lewis expressa a dor da perda da sua esposa. Durante a narrativa, é possível identificar as várias fases do luto e a confusão de emoções geradas por ele, o que inclui a raiva, a dúvida, o questionamento da fé e uma intensa tristeza.

A História de uma Viúva – Joyce Carol Oates
Este é um sensível relato da autora que narra o processo de perda de seu parceiro de vida: o marido com quem foi casada por quase 50 anos. O livro surpreende ao falar sobre como o luto é transformador e pode levar uma pessoa a alterar sua percepção de mundo e a agir de maneira positiva.

O ano do pensamento mágico – Joan Didion
Nesta autobiografia, a autora norte-americana narra o período de um ano que se seguiu à morte de seu marido, o escritor John Gregory Dunne, e a doença da sua única filha. Lançado em 2005, foi indicado ao Prêmio Pulitzer de Melhor Biografia.

Romances

A Cabana – William P. Young
O best-seller que originou um filme de sucesso conta a história de superação de um homem que perde a filha de seis anos de idade. Ao deparar-se com a cabana em que tudo aconteceu, ele transforma o inconformismo em perdão e acolhimento.

Saiba mais: Luto: conheça filmes e séries que tratam desse assunto

PS. Eu Te Amo – Cecelia Ahern
Outro best-seller adaptado para as telas do cinema, o livro conta a história de uma mulher que encontra cartas deixadas pelo seu grande amor, já falecido, que a incentivam a recomeçar a vida e a ir em busca de novas fontes de felicidade.

Uma Morte em Família – James Agee
Ganhador do Prêmio Pulitzer de Melhor Romance, o livro conta a história de uma família amorosa que precisa enfrentar a morte de um ente querido.

Infanto-juvenil

Mas por quê??! A História de Elvis – Peter Schössow
Após a morte de Elvis, o seu passarinho de estimação, uma menina experimenta o processo do luto com toda a sua variação: a dor, a revolta, a tristeza e a importância da união. De maneira simples e didática, o livro mostra que todo o luto merece ser vivido e que, no fim, o que fica são as boas memórias.

Menina Nina: Duas Razões Para Não Chorar – Ziraldo
O jornalista, escritor e ilustrador Ziraldo aborda os mistérios da vida e da morte ao narrar os sentimentos de uma criança que perde a avó querida. O livro foi escrito quando o autor perdeu sua mulher de 47 anos e quis lhe prestar uma homenagem.

Saiba mais: e-book: Viver o luto para superar a dor

O Coração e a Garrafa – Oliver Jeffers
Após o falecimento do avô, uma menina retira o seu coração e o coloca dentro de uma garrafa, para proteger-se de novos sofrimentos. Porém, aos poucos ela descobre que mesmo em momentos de tristeza, o tempo se encarrega de nos ajudar a superar a dor e que o coração precisa vivenciar todos os tipos de sentimentos.

Estudos sobre o tema

A Arte de Falar da Morte para Crianças – Lucélia Elizabeth Paiva
Conversar sobre este assunto com as crianças nem sempre é fácil. A autora reuniu a experiência de educadores de escolas de São Paulo que, com o uso da literatura infantil, conseguiram abordar morte, luto e psicologia com os pequenos.

Saiba mais: As perdas e os lutos do coronavírus

A morte é um dia que vale a pena viver – Ana Cláudia Quintana
A médica brasileira Ana Cláudia Quintana demonstra em seu livro a importância dos cuidados paliativos no bem-estar de doentes crônicos e em estado terminal.

Dor silenciosa ou dor silenciada? Perdas e enlutados não reconhecidos pela sociedade – Textos organizados por Gabriela Casellato
A autora Gabriela Casellato reuniu textos e artigos que tratam de diferentes tipos de perdas não reconhecidas pela sociedade, como abandono, natimorto, aborto, luto pela separação e luto dos profissionais da saúde.

Saiba mais: Como enfrentar a morte e lidar com a perda de um ente querido

O Livro Tibetano do Viver e Morrer – Sogyal Rinpoche
Considerado por muitos como uma obra-prima da espiritualidade, o livro fala sobre a prática da meditação, relata as dificuldades e alegrias presentes no caminho espiritual, cita os conceitos de carma e renascimento, além de mostrar o valor dos cuidados com os que estão próximos à morte.

Sobre a morte e o morrer – Elizabeth Kübler-Ross
A partir de experiências de pacientes em estágio terminal, a psiquiatra analisa o luto e expõe pela primeira vez a teoria dos cinco estágios: negação, raiva, barganha, depressão e aceitação.

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email